A doutrina da justificação e a Reforma

Como lembra nosso irmão, Dr. Joel R. Beeke, a base de toda transformação vivida pela igreja do séc. XVI foi a correta compreensão da “justificação pela fé somente”:

“A justificação pela fé somente” foi a grande ruptura espiri- tual e teológica de Martinho Lutero. Não lhe veio facilmente. Ele havia tentado tudo, desde dormir em pisos duros e jeju- ar, até orar enquanto subia de joelhos uma escada de Roma. Mosteiros, disciplinas, confissões, missas, absolvições, boas obras – tudo provou ser inútil. A paz com Deus lhe escapava.1

Lembramos com alegria do dia 31 de outubro de 1517, mar- cado pela denúncia corajosa e emblemática, com 95 teses fixa- das na porta da catedral de Wittenberg. No entanto, a Reforma Protestante marca um movimento muito mais profundo para a igreja. Constituiu-se na iluminação graciosa para pureza doutrinária, até então coberta pela sombra do engano.

A luz raiou finalmente para Lutero quando ele meditava sobre Romanos 1.17: “visto que a justiça de Deus se revela no evan- gelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé”. Ele viu pela primeira vez que a justiça que Paulo tinha em mente aqui não era uma justiça punitiva que condena os pecado- res, e sim uma justiça perfeita que Deus concede livremente a pecadores com base nos méritos de Cristo, e que pecado- res recebem pela fé. Lutero viu que a doutrina da justificação pela graça somente (sola gratia) por meio da fé somente (per solam fidem) por causa de Cristo somente (solus Christus) era o cerne, o coração do evangelho, e se tornava para ele “uma porta aberta ao paraíso […] um portal para o céu”.2

Celebremos a Deus pela Reforma concedendo a Cristo toda honra e glória com gratidão pela vida de Lutero e outros refor- madores que dedicaram suas vidas para a reforma da igreja.

Lic. Robson.

1 BEEKE, Joel R. “A justificação pela fé somente: A relação da fé com a justifica- ção”. In: KISTLER, Don. (Org.). Justificação pela fé somente: A marca da vitalidade espiritual da igreja. 2a ed. São Paulo: Cultura Cristã, 2013, p. 49.

2 BEEKE, op. cit., p. 49-50.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.