Ideias esquisitas sobre Jesus a partir do séc. 2

No 2º século, a Igreja Cristã teve de lutar contra ideias esquisitas sobre a pessoa de Jesus Cristo. Vejamos um resumo.

Primeiro, negava-se a divindade de Jesus Cristo. No ebionismo ou “movimento dos pobres” (evyonim, em hebraico), composto de cristãos de origem judaica, ensinava-se que Jesus não é Deus, mas um simples homem, filho de José e Maria, que recebeu poderes sobrenaturais ao ser batizado. O adocianismo declarava que Jesus era um homem virtuoso com quem o Espírito de Deus se uniu, e que se tornou divino pela “adoção”, no momento de sua ressurreição. O arianismo (doutrina proposta por Ário de Alexandria) reconhecia Jesus como criatura exaltada sobre anjos e homens, dotada de poder criador. Apesar de possuir tais qualidades, de acordo com Ário, Jesus não é Deus.

Segundo, surgiu confusão sobre a união e distinção das naturezas humana e divina de Jesus Cristo. No apolinarismo (Apolinário de Laodiceia), a parte humana de Jesus possuía corpo e alma animal, mas não um espírito racional ou mente. O Logos divino tomava o lugar da inteligência humana. Para o nestorianismo (Nestório de Constantinopla), as naturezas humana e divina de Cristo não eram unidas. O eutiquianismo (Eutiques), por sua vez, ensinava que não havia duas, mas apenas uma natureza em Cristo.

Estas ideias estranhas não correspondem a Jesus Cristo, tal como revelado na Bíblia. Quando alguém fala algo acerca da pessoa e obra de Cristo, nós temos de comparar o que é dito com a verdade clara, simples e sólida da Palavra de Deus.

Pr. Misael.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.