O poder expulsivo da gratidão

Descontentes não agradecem. Insatisfeitos apenas olham para o que está faltando, o que está ruim, o que não segue os seus padrões e expectativas.

Na raiz do descontentamento está o egoísmo e a ingratidão. Egoísmo, pois eu me vejo como o centro do mundo e da minha vida; ingratidão, pois não me alegro nem agradeço pelo que recebi — muitas vezes nem reconheço que as tenho recebido.

É essa a sua história?

Notando sempre o que não possui, criticando a vida, ressentindo-se daquilo que tem… a panela é ruim, o carro só tem duas portas, a caneta vive falhando, o marido é cabeça-dura, a esposa é inconveniente, os filhos são uma dor de cabeça, a igreja é cheia de defeitos…

Qual é a sua lista?

Em Romanos 1.20-21, Paulo descreve algo da ira de Deus derramada sobre os desobedientes. Uma das razões da ira de Deus é a seguinte:

Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças.

Deus se ira com pessoas ingratas. A ingratidão revela arrogância para com o Criador e Doador de todas as coisas. Ingratidão é uma declaração não verbal de que Deus está falhando naquilo que nos concede.

Você falaria isso a Deus em sã consciência?

Sempre que preferimos reclamar do que agradecer, essa é a declaração subjacente. Nossas murmurações lançadas ao vento possuem um alvo final: o Senhor.

Mas alguém pode perguntar: como sair desse estado? É tão natural para mim fazer isso…

Pela graça de Deus, há esperança. Paulo nos diz o seguinte:

Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação (Fp 4.11).

O apóstolo aprendeu o contentamento. Nós também podemos aprendê-lo, e com isso também aprenderemos a gratidão.

O contentamento e a gratidão são obra da graça de Deus na transformação do nosso caráter, mas também são aprendidos e exercitados por nós no dia a dia.

Como fazer isso de modo prático?

    1. Comece o seu dia agradecendo a Deus. Ajuste os primeiros momentos do seu dia para contemplar a bondade do Senhor.
    2. Faça uma lista de gratidão. Anotar itens a agradecer treina o seu olhar e coração.
    3. Memorize versículos sobre contentamento e gratidão, como “em tudo dai graças” (1 Ts 5.18).
    4. Aproveite os dias como o da última quinta-feira, dia de ação de graças, para celebrar em família e agradecer ao Senhor.

A gratidão tem o poder libertador de expulsar a amargura do nosso coração. Agradeça e seja livre.

Pr. Allen.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.