Resolvendo conflitos com o evangelho

Ninguém gosta de passar por problemas nos relacionamentos. Marido e esposa sentem profundamente o peso de um casamento em crise. Pais e filhos sentem dor quando não conseguem experimentar paz na caminhada. Amigos se ressentem da experiência de traição ou abandono. De fato, os conflitos são uma grande provação para qualquer relacionamento.

Mas, enquanto alguns observam os conflitos como o fim de um relacionamento, nós podemos caminhar de outro modo. Podemos caminhar para a paz.

Tudo começa com uma nova perspectiva sobre os conflitos. A maneira como observamos a questão pode ser muito determinante sobre o modo como caminharemos. Se olharmos o conflito como o fim do relacionamento, provavelmente agiremos nessa direção. Mas e se houver outro modo de observar?

Nós podemos ver os conflitos como instrumentos de Deus. Os conflitos são experiências que revelarão o nosso coração e nos farão perceber coisas que estavam ocultas a nós; são instrumentos para conhecermos melhor ao outro, e, principalmente, são obra da graça para conhecermos melhor a Deus. Não é agradável passar por conflitos, mas pode ser necessário para termos relacionamentos mais profundos e consistentes.

Nós também caminhamos para a paz quando investigamos a origem dos nossos conflitos. Temos a tendência de colocar a culpa no outro, ou no ambiente. Mas uma observação mais detida demonstrará que, ainda que o outro tenha pecado contra nós, o conflito toma proporções maiores por causa do pecado em nosso coração. Tiago 4 nos diz que as guerras entre nós acontecem por causa das paixões que militam em nossa carne – os desejos desordenados em nosso coração. Ao observarmos e confrontarmos os ídolos que carregamos, podemos mudar radicalmente o modo de perceber e lidar com as situações em nossos relacionamentos.

Finalmente, nós precisamos cultivar os hábitos pacificadores no relacionamento. Falo aqui das práticas direcionadas para a resolução de conflitos, e também para a manutenção de um relacionamento saudável. Dentre elas, a confissão, a confrontação e o perdão são centrais. Ao confessar meus erros eu assumo responsabilidade pelo que fiz; ao confrontar em amor, eu ajudo o outro a perceber os seus desvios; ao perdoar, eu me comprometo a não cobrar a dívida do outro e seguir em frente.

Nós podemos ter relacionamentos mais cheios de alegria e paz. Que tal caminhar nessa direção?

Rev. Allen

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.